Última hora

Comunicação social focada em Atenas

Na capital grega centenas de jornalistas e repórteres dos quatro cantos do mundo acompanham o desenvolvimento dos acontecimentos que culminaram com a

Em leitura:

Comunicação social focada em Atenas

Tamanho do texto Aa Aa

Na capital grega centenas de jornalistas e repórteres dos quatro cantos do mundo acompanham o desenvolvimento dos acontecimentos que culminaram com a realização do referendo.

“É uma surpresa para os jornalistas franceses. O que vai acontecer agora é que a Grécia vai evidentemente ter mais força nas negociações com os seus credores. É difícil dizer o que se vai passar porque é a primeira vez que um referendo deste tipo é feito no país”, disse o jornalista francês Julien Neny.

“Creio que hoje, 5 de julho de 2015, é um dia histórico não só para a a Grécia, mas para toda a União Europeia.
Creio também que depois de o “não” ter ganho, realmente o importante é saber qual vai ser a resposta da Europa”, avançou a jornalista espanhola Maria Casado.

Os jornalistas aguardam agora pela reação dos credores.

“Há uma semana que a Grécia está sob os olhares do mundo. Centenas de jornalistas de todo o mundo estão em Atenas registando minuto a minuto os acontecimentos dramáticos. Agora esperam para ver o que vai acontecer depois do resultado”, sublinhou Akis Tatsis, da Euronews, em Atenas.