Iranianos ansiosos pelo levantamento das sanções

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Iranianos ansiosos pelo levantamento das sanções

<p>O grande Bazar de Teerão é o centro económico da capital iraniana. Mais do que em qualquer outro lugar, estão todos ansiosos por saber os resultados das negociações com o ocidente sobre o programa nuclear iraniano. O levantamento das sanções é essencial para o desenvolvimento da economia e para o fim da recessão económica. </p> <b>“Com o dólar em alta, o poder de compra diminui”</b>, queixa-se um cidadão. <b>“São as condições do mercado… vejam, todos os comerciantes estão à porta das lojas!”</b> <p>Mas as sanções não afetam apenas a economia; outros setores como a saúde, também foram abrangidos. </p> <p>Os pacientes com doenças raras são dos que mais dificuldades sentem; as consequências da falta de acordo pordem estabelecer a diferença entre a vida e a morte.</p> <b>Zohreh Nahid, farmacêutica: <p>- Os medicamentos para doenças raras, mesmo alguns para o cancro, chegam com atrasos e os preços subiram em flecha. <br /> Espero que as negociações progridam, pois as sanções têm um impacto negativo na área da medicina e em todos os aspetos da vida das pessoas.</b> </p> <blockquote class="twitter-tweet" lang="en"><p lang="en" dir="ltr">Iranians ready for new chapter as nuclear talks approach conclusion <a href="http://t.co/tVB5CN1Z9t">http://t.co/tVB5CN1Z9t</a></p>— The Guardian (@guardian) <a href="https://twitter.com/guardian/status/617720502891712512">July 5, 2015</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p><strong>Mahdi</strong> é proprietário de um café em Teerão. Reconhece que as sanções afetaram diretamente os negócios, com o aumento dos preços do café e do açúcar, por exemplo, e a diminuição de clientes. Mas o ponto de vista sobre o acordo nas conversações sobre o dossiê nuclear é diferente:</p> <p><strong>- Não espero que o câmbio do dólar baixe espetacularmente com o levantamento das sanções, até porque não seria razoável, mas espero movimentos no mercado e a saída desta crise. Desde que o dinheiro entre no mercado, as coisas vão melhorar.</strong> </p> <p>No entanto, nem todos os problemas da economia iraniana são consequência das sanções. Muitos analistas e observadores estão convictos que, durante os dois mandatos consecutivos do antigo presidente Mahmoud Ahmadinejad se aplicaram medidas económicas erradas que desencadearam a crise e que as sanções são apenas a ponta do véu. </p> <b>Javad Montazeri, euronews: <p>- O fim das sanções e a reativação da economia converteram-se em prioridades para os iranianos. Daí o interesse popular pelas negociações sobre o programa nuclear que decorrem em Viena.</b></p>