Última hora

Última hora

Volta à França: Chris Froome já veste de amarelo

Chris Froome é o novo camisola amarela na Volta a França mas a terceira etapa será lembrada pela queda coletiva a 58 quilómetros da chegada. A queda

Em leitura:

Volta à França: Chris Froome já veste de amarelo

Tamanho do texto Aa Aa

Chris Froome é o novo camisola amarela na Volta a França mas a terceira etapa será lembrada pela queda coletiva a 58 quilómetros da chegada.

A queda não poupou nomes como Rui Costa, Tom Dumoulin ou Fabian Cancellara, que tinha começado o dia de amarelo, e obrigou mesmo a organização a neutralizar a etapa durante alguns quilómetros.

#Tour2015 Amigos, obrigado por se preocuparem. Estou com dores na anca e no joelho. Algum mal-estar mas não é grave. N se preocupem. Abraço.

Posted by Rui Costa on Monday, 6 July 2015

O novo tiro de partida ficou marcado pelo forte ataque da Tinkoff-Saxo mas na hora da verdade, que é como quem diz a subida da parede de Huy, foi Froome o primeiro a mostrar serviço.

Joaquim Rodríguez não perdeu tempo a contra-atacar e acabou por ser o espanhol o primeiro a cortar a linha da meta. Logo de seguida chegou o inglês, que assumiu a liderança da geral com uma vantagem de um segundo sobre Tony Martin.

Apesar da queda, Rui Costa recuperou e continua a ser o melhor português na classificação, encontra-se no 30º posto. Tiago Machado é 59º, Nelson Oliveira 79º e José Mendes 163º.

A próxima etapa liga Seraing, na Bélgica, a Cambrai, uma tirada onde o pelotão terá de passar por vários troços de empedrado.