Última hora

Última hora

Última semana para a Grécia

A cimeira extraordinária, que reuniu os chefes de Estado e de Governo da zona euro, em Bruxelas, terminou com um ultimato à Grécia.

Em leitura:

Última semana para a Grécia

Tamanho do texto Aa Aa

A cimeira extraordinária, que reuniu os chefes de Estado e de Governo da zona euro, em Bruxelas, terminou com um ultimato à Grécia.

O primeiro-ministro grego tem de apresentar uma proposta de reformas aos credores, “o mais tardar até quinta-feira.”

“Até agora evitei falar em prazos, mas este é o momento de afirmar claramente que o derradeiro prazo termina esta semana. Somos todos responsáveis pela crise e temos todos a responsabilidade de resolvê-la”, sublinhou o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

A proposta grega é condição essencial para retomar as negociações sobre um plano de ajuda financeira. O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker diz que o executivo comunitário está preparado para o que der e vier: “A Comissão Europeia está preparada para tudo. Preparámos em detalhe um cenário de saída da Grécia da zona euro. Também contemplámos um cenário de ajuda humanitária. Temos ainda um cenário – é esse que prefiro – de gerir o problema agora, mantendo a Grécia no seio da zona euro.”

Espera-se que o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, apresente esta quarta-feira o pedido de um terceiro resgate. Para o próximo domingo, está prevista uma nova cimeira, reunindo representantes dos 28 Estados-membros.