Última hora

Última hora

União Europeia impõe ultimato à Grécia

A paciência dos chefes de Estado e de Governo, da zona euro, está a esgotar-se e estabeleceram o prazo limite até às primeiras horas de sexta-feira

Em leitura:

União Europeia impõe ultimato à Grécia

Tamanho do texto Aa Aa

A paciência dos chefes de Estado e de Governo, da zona euro, está a esgotar-se e estabeleceram o prazo limite até às primeiras horas de sexta-feira, para que a Grécia apresente um plano de reformas aos credores.

O primeiro-ministro grego está confiante de que é possível um acordo.

“O lado grego vai continuar a tentar, tendo no seu arsenal o veredicto do povo grego, que foi concreto. O povo grego tem a vontade de encontrar um acordo viável que colocará fim a essa questão” (do Grexit), afirmou Alexis Tsipras.

Depois de uma cimeira extraordinária em Bruxelas, a chanceler alemã adiantou que está fora de questão qualquer perdão de dívida à Grécia. Angela Merkel afirmou, ainda, que para evitar a saída da zona euro, os helénicos têm necessidade de um programa de assistência durante vários anos. “A sequência de eventos é completamente clara. Em primeiro lugar, as propostas de longo prazo e, em seguida, a disposição para falar sobre os mecanismos de curto prazo, que estarão ligados a ações prévias”, concluiu a líder germânica.

A Comissão Europeia admitiu, já, que há um plano detalhado para uma eventual saída da Grécia da zona euro…

A atmosfera estava tensa, de acordo com fontes da diplomacia da União Europeia. Alguns países atingiram os limites, após o referendo na Grécia. Agora, a União Europeia diz-se preparada para tudo e apresentou o ultimato à Grécia, para que apresente um plano de propostas. No domingo, os líderes da União Europeia reúnem-se para discutir um acordo final.