Última hora

Última hora

As propostas da estilista austríaca Lena Hoscheck na semana da moda de Berlim

Em leitura:

As propostas da estilista austríaca Lena Hoscheck na semana da moda de Berlim

Tamanho do texto Aa Aa

O arranque da semana da moda de Berlim fica marcado pelas propostas da estilista austríaca Lena Hoscheck. A antiga estagiária de Vivienne Westwood

O arranque da semana da moda de Berlim fica marcado pelas propostas da estilista austríaca Lena Hoscheck.

Point of view

Há alguns anos, descobri tecidos pintados à mão de 1850 numa feira na Provença. Pedi ao meu estúdio de design gráfico que os reproduzisse e criei as minhas próprias impressões.

A antiga estagiária de Vivienne Westwood aposta numa abordagem artesanal.

“A minha inspiração nasce de diferentes materiais, cores e padrões do folclore, trajes tradicionais e étnicos tal como fiz para o desfile ‘África’. No ano passado. São boas fontes de inspiração para um artesão”, frisou Hoscheck.

Para a próxima primavera-verão, Lena Hoscheck reatualiza a moda dos anos 40 e 50.

Para conceber alguns dos tecidos que passaram pela passarela da semana da moda de Berlim a criadora inspirou-se em motivos do século XIX.

“Há alguns anos, descobri tecidos pintados à mão de 1850 numa feira na Provença. Pedi ao meu estúdio de design gráfico que os reproduzisse e criei as minhas próprias impressões”, explicou a estilista de 34 anos.

A abordagem tradicional não diz apenas respeito ao desenho da roupa. As propostas da estilista austríaca são feitas em pequenas fábricas, na Europa.