This content is not available in your region

Bósnia: Campos de refugiados temporários funcionam há 20 anos

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Bósnia: Campos de refugiados temporários funcionam há 20 anos

<p>Vinte anos depois do massacre de Srebrenica, perto de 100 mil bósnios ainda estão refugiados no seu próprio país. No campo de Jezevac, 70 famílias ainda vivem longe do mundo. A Bósnia ainda está repleta destes acampamentos temporários que acolheram os que fugiram dos horrores da guerra:</p> <p>Suhra Mustafic tem 52 anos. Quarenta e um homens da sua família foram mortos. Está doente e metade dos 150 euros que recebe de pensão, enquanto viúva de guerra, vai para pagar os tratamentos. Tem de alimentar seis filhos: “Fui capturada, caminhei por cima de cadáveres e pelo meio dos incêndios. Comi folhas para sobreviver, juntamente com os meus filhos. Os meus filhos não têm trabalho, se tivessem a vida seria melhor principalmente para eles. Não são casados e, mesmo que quisessem, não têm nada para oferecer.”</p> <p>A guerra fez aproximadamente um milhão de refugiados internamente. Outro milhão fugiu para o estrangeiro. O regresso a casa é muitas vezes impossível. Como para Safija Ibrahimovic: “Não quero voltar a casa, nem morta. Mataram os meus dois cunhados em casa. Não tenho para onde ir.”</p>