Última hora

Última hora

Grécia: Reunião do Eurogrupo termina sem acordo

A reunião dos ministros das Finanças da zona euro terminou, sábado, em Bruxelas, sem qualquer acordo sobre o pacote de propostas apresentado pelo

Em leitura:

Grécia: Reunião do Eurogrupo termina sem acordo

Tamanho do texto Aa Aa

A reunião dos ministros das Finanças da zona euro terminou, sábado, em Bruxelas, sem qualquer acordo sobre o pacote de propostas apresentado pelo governo de Atenas, que pode levar a União Europeia a conceder um terceiro resgate à Grécia.

Apesar de não existirem conclusões, as agências de notícias internacionais avançam que alguns ministros do Eurogrupo exigiram mais “medidas e garantias” ao governo de Alexis Tsipras.

A discussão foi adiada para a manhã de domingo.

“Tivemos uma discussão aprofundada sobre as propostas gregas, a questão da credibilidade e confiança, e discutimos também, claro, as questões financeiras envolvidas. Mas não concluímos as nossas discussões, pelo que continuaremos às 11 horas. Ainda é muito difícil, mas há trabalho ainda em progresso”, afirmou o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem.

Colocando maior pressão sobre os ministros da zona euro, de acordo com os “media” finlandeses, o parlamento do país decidiu, no sábado, que não aceita um novo resgate para a Grécia.

A reunião do Eurogrupo terá lugar horas antes de duas cimeiras de chefes de Estado e de Governo da zona euro e da União Europeia.

A reunião do Eurogrupo, crucial para a Grécia, durou 9 horas. Desta vez foi a Finlândia, com o ministro das Finanças Alexander Stubb, na linha da frente, que levantou questões sobre um terceiro resgate à Grécia. De acordo com informações divulgadas pela televisão finlandesa, o partido eurocético da coligação governamental, o “Verdadeiros Finlandeses “ ameaçou abandonar o governo caso o resgate seja aprovado.