Última hora

Última hora

Muçulmanos celebram o fim do mês santo do Ramadão

Os muçulmanos celebram a grande festa do Eid Al-fitr, que marca o fim do mês santo do Ramadão e do jejum observado durante esse período. Para as

Em leitura:

Muçulmanos celebram o fim do mês santo do Ramadão

Tamanho do texto Aa Aa

Os muçulmanos celebram a grande festa do Eid Al-fitr, que marca o fim do mês santo do Ramadão e do jejum observado durante esse período.

Para as famílias, esta época festiva é sinónimo de reunião, de troca de presentes e de partilha de copiosas refeições.

Na capital iraquiana apesar da violência que marcou a parte final do mês santo, a mensagem continua a ser de esperança e de paz.

“Espero que haja paz e segurança no Iraque e que todas as famílias deslocadas possam regressar a casa. Felicidades para todos os iraquianos”, disse um habitante de Bagdade.

No ano passado, Gaza foi palco de uma batalha contra Israel que durou 50 dias e matou mais de 2100 palestinianos – sobretudo civis.

Este ano vive-se uma época mais calma, mas a crise económica é grave.

“Antes da guerra fazíamos bolos, guloseimas e comprávamos roupa para as crianças. Era um verdadeiro Eid, mas este ano não posso sequer fazer bolos. São precisos 800 “shekels” e eu nem 100 “shekels” tenho”, lamentou uma habitante de Shijaiyah.

Ao contrário de Gaza, em Istambul os mercados estão repletos de roupas, doçarias e iguarias variadas para os três dias de festa que dura o Eid. Este é um dos melhores momentos do ano para os comerciantes.