Última hora

Última hora

Quénia: Centro comercial Westgate reabre 2 anos depois do ataque terrorista

Dois anos depois do massacre de Westgate, em Nairobi, o centro comercial da capital queniana voltou a abrir. Foram colocados detetores de metais nas

Em leitura:

Quénia: Centro comercial Westgate reabre 2 anos depois do ataque terrorista

Tamanho do texto Aa Aa

Dois anos depois do massacre de Westgate, em Nairobi, o centro comercial da capital queniana voltou a abrir.

Foram colocados detetores de metais nas entradas – uma medida de segurança devido ao receio de novos ataques. Os quenianos só pretendem regressar à normalidade e esquecer a ameaça jihadista.

Alguns sobreviventes do massacre estiveram presentes nesta reabertura de portas do centro comercial, como conta a lojista Olga Ercolano: “Aquele dia foi realmente trágico. A minha funcionária, Caroline, uma rapariga das vendas, estava lá naquele dia e teve a sorte de escapar com vida. Mas ela também não quer recordar essas memórias. Só queremos pensar positivo e seguir em frente.”

A 21 de setembro de 2013, o ataque ao Westgate, por parte do grupo terrorista islâmico Al-Shabaab, provocou a morte de 67 pessoas, entre clientes, vendedores e elementos da segurança.