Última hora

Última hora

Campeão de Scrabble francófono não fala francês

Nigel Richards, lenda viva do Scrabble, consegue uma proeza julgada impossível.

Em leitura:

Campeão de Scrabble francófono não fala francês

Tamanho do texto Aa Aa

Talvez soubesse dizer “oui” e “bonjour”, mas o francês de Nigel Richards não ia muito além disso até decidir, durante nove semanas, estudar a fundo o léxico da língua de Molière, como preparação para o campeonato de Scrabble francófono, organizado em Lovaina, na Bélgica. O extraordinário é que se sagrou campeão, mesmo se para ele as palavras não são mais que combinações de letras.

Nigel Richards, a lenda

Natural da Nova Zelândia, Richards costuma representar a Malásia (onde reside) nos vários campeonatos de Scrabble, em que ganhou o estatuto de lenda, acumulando vitórias atrás de vitórias nas competições anglófonas.

No entanto, ninguém acreditava que se conseguisse impor na versão francófona do jogo. Redondo engano: Não só foi campeão, derrotando o gabonês Schélick Ilagou Rekawe na final, como se deu ao luxo de contestar palavras do adversário com base em regras gramaticais, como relata este jornalista que assistiu ao campeonato:

O que é o Scrabble?

O Scrabble é um jogo de tabuleiro, criado em 1938 por Alfred Mosher Butts. Consiste em formar palavras através de peças, cada uma representando uma letra, tentando realizar combinações que dêm o maior número de pontos possível.

É um dos mais populares jogos de tabuleiro e pode jogar-se também pela Internet, incluindo no Facebook.

As palavras vencedoras

Miauler: Miar.
Anatrope: Anátropo (Planta que cresce de cima para baixo).
Énouat: Conjugação (imperfeito do conjuntivo, terceira pessoa do singular) do verbo énouer (desatar, abrir um nó).
Régnants: Reinantes.
Canidé: Canídeo (género biológico a que pertencem os cães, raposas e lobos).