Última hora

Última hora

Apple: Aumento de lucros e deceção

Em leitura:

Apple: Aumento de lucros e deceção

Tamanho do texto Aa Aa

Apesar dos lucros líquidos da Apple terem aumentado 38% no segundo trimestre do ano, as previsões para os próximos três meses e as vendas de iPhones dececionaram, levando a uma queda das suas ações superior a 6%, nas operações posteriores ao encerramento de Wall Street.

Segundo o relatório publicado terça-feira, a empresa espera um volume de negócios situado entre os 49 e os 51 mil milhões de dólares no quarto trimestre, mas a previsão dos analistas apontava para uma fasquia mais alta.

Entre abril e junho foram vendidos 47,5 milhões de iPhones, abaixo dos 48,8 milhões previstos pelos pelos analistas.

Tim Cook, o diretor da empresa não deu resultados detalhados sobre as vendas do Apple Watch, lançado em abril, referindo apenas que teve “um ótimo começo”.