This content is not available in your region

Esperança para doentes de Alzheimer: Novo medicamento reverte a morte de células

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
Esperança para doentes de Alzheimer: Novo medicamento reverte a morte de células

<p>Há esperança para os milhões de pessoas afetadas pela doença de Alzheimer, em todo o mundo. Pela primeira vez, um medicamento deu provas de reverter o mecanismo da doença.</p> <p>Mesmo se a comunidade científica mantém alguma precaução, o otimismo é a nota dominante depois da <a href="https://www.alz.org/aaic/">apresentação dos resultados</a> dos testes clínicos do <a href="http://www.fiercebiotech.com/story/eli-lilly-offers-evidence-twice-failed-solanezumabs-impact-alzheimers/2015-07-22">Solanezumab</a>, desenvolvido pela empresa norte-americana Eli Lilly.</p> <p>Os primeiros resultados mostram que o medicamento consegue manter vivas células cerebrais que de outra forma seriam destruídas, em pacientes numa fase inicial da doença.</p> <p>A doença de Alzheimer afeta 44 milhões de pessoas em todo o mundo. Pensa-se que o número suba para os 135 milhões em 2050. O custo global da doença está estimado em 555 mil milhões de euros anuais.</p> <p>O novo medicamento parece conseguir aquilo que não conseguem aqueles que estão agora em uso, como o Aricept, que apenas atua sobre os sintomas. Este é um novo teste do medicamento. O anterior falhou, há três anos.</p> <p>A doença de Alzheimer afeta, sobretudo, pessoas de idade avançada.</p> <p><blockquote class="twitter-tweet" lang="en"><p lang="en" dir="ltr">Breaking News from <a href="https://twitter.com/hashtag/AAIC2015?src=hash">#AAIC2015</a>: Clinical Trial Results & New Data Analyses in Amyloid-Related Therapies <a href="http://t.co/gZNTdgjHOh">http://t.co/gZNTdgjHOh</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/ENDALZ?src=hash">#ENDALZ</a></p>— Alzheimer's Assoc. (@alzassociation) <a href="https://twitter.com/alzassociation/status/623813741159780352">July 22, 2015</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p> <p><blockquote class="twitter-tweet" lang="en"><p lang="en" dir="ltr">First drug to slow Alzheimer’s Disease unveiled in landmark breakthrough <a href="http://t.co/Q56AVCkir1">http://t.co/Q56AVCkir1</a> <a href="http://t.co/6GHzLcL5Da">pic.twitter.com/6GHzLcL5Da</a></p>— The Telegraph (@Telegraph) <a href="https://twitter.com/Telegraph/status/623813261348057088">July 22, 2015</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p>