Última hora

Última hora

Iémen: Cessar-fogo de 5 dias rejeitado pelos rebeldes

No Iémen, o cessar-fogo declarado pela Arábia Saudita, que devia entrar em vigor este domingo à meia-noite, foi rejeitado pelos rebeldes Houthi

Em leitura:

Iémen: Cessar-fogo de 5 dias rejeitado pelos rebeldes

Tamanho do texto Aa Aa

No Iémen, o cessar-fogo declarado pela Arábia Saudita, que devia entrar em vigor este domingo à meia-noite, foi rejeitado pelos rebeldes Houthi. Tinha sido acordada uma trégua de cinco dias, para permitir a entrada de ajuda humanitária no país.

Continuam a chegar informações de ataques aéreos na capital Sana que provocaram a morte a, pelo menos, 120 pessoas.
O último relatório da ONU diz que pelo menos 365 crianças morreram desde o início dos ataques. Segundo as agências de ajuda humanitária cerca de 80% da população precisa de algum tipo de ajuda, já que a coligação liderada pela Arábia Saudita tem vindo a bombardear as milícias Houthi, desde março passado.