This content is not available in your region

Dois soldados turcos mortos em ataque à bomba atribuído ao PKK

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Dois soldados turcos mortos em ataque à bomba atribuído ao PKK

<p>O exército turco anunciou a morte de dois soldados, vítimas de um ataque à bomba atribuído ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (<span class="caps">PKK</span>). Terá sido uma retaliação pelos ataques que o Governo turco tem dirigido contra o <span class="caps">PKK</span>, em nome da guerra contra o terrorismo. </p> <p>Os Estados Unidos já condenaram os recentes ataques dos militantes curdos. O diplomata norte-americano, Brett McGurk, escreveu no Twitter que “não há ligação entre estes ataques aéreos contra o <span class="caps">PKK</span> e os entedimentos recentes para intensificar a cooperação Estados Unidos – Turquia contra o Estado Islâmico”. </p> <p>https://twitter.com/brett_mcgurk/status/625071394636828673</p> <p>Durante muito tempo um membro relutante da coligação liderada pelos <span class="caps">EUA</span> contra o Estado Islâmico, a Turquia mudou de posição esta semana. Autorizou a aliança a usar as bases turcas e lançou raides contra o movimento jihadista e o <span class="caps">PKK</span>. Uma posição ambígua, já que os militantes curdos têm lutado contra o Estado Islâmico e acusam o Governo turco de ajudar de maneira encoberta os islamistas em detrimento dos curdos sírios.</p> <p>Desde sexta-feira, os F-16 turcos efetuaram vários raides contra o <span class="caps">PKK</span>, que terão causado um morto e três feridos.</p>