Última hora

Última hora

Avignon estreia legendagem no teatro

Em leitura:

Avignon estreia legendagem no teatro

Tamanho do texto Aa Aa

Uma nova tecnologia subiu ao palco, na edição deste ano do Festival de Avignon. Trata-se de um sistema inovador no mundo das artes cénicas. O público

Uma nova tecnologia subiu ao palco, na edição deste ano do Festival de Avignon. Trata-se de um sistema inovador no mundo das artes cénicas.

O público estrangeiro teve a oportunidade de assistir a teatro francês por meio de óculos que permitem ver legendagem multilingue.

Projeto conjunto da empresa de serviços digitais Atos, da start-up Optinvent, e da empresa de turismo cultural Theatre in Paris, estes óculos trazem a legendagem em tempo real e na língua escolhida, ao mundo das artes performativas. A ponte entre o tablet e os óculos, faz-se através de uma ligação sem fio segura.

Daisy Jacobs, da Theatre in Paris, explicou como funciona o sistema:

“A imagem real é aumentada, e graças a estes óculos, podemos assistir a uma peça de teatro com legendagem. Este sistema permite uma oferta multilingue.

Neste momento fazemos no Festival de Avignon a legendagem de dois espéctaculos – ‘Rei Lear’, de Shakespeare, dirigido e traduzido por Oliver Py e legendado por nós em francês, inglês e mandarim e esta noite vamos legendar ‘Regresso a Berratham’, de Angelin Preljocaj, em cinco idiomas: inglês, francês, alemão, italiano e polaco.

O espectador só tem de escolher o idioma, o tamanho do texto, a cor, o brilho e a posição do texto na imagem que vê.
Ao abrir a aplicação, tenho lá os ficheiros de legendagem para ‘Rei Lear’ e ‘Regresso a Berratham’, que será representado esta noite. Posso escolher as legendas em inglês com um clique na seta. Se acontece um ator saltar uma réplica ou enganar-se, podemos seguir, saltando deste modo.”

A Theatre in Paris está em fase de lançamento, depois de ter sido vencido, com este projeto, um concurso para start-up’s francesas do programa French Tech Culture, acrescentou Daisy Jacobs:

“Esta é uma estreia mundial na edição deste ano do Festival de Avignon, que a Theatre in Paris lançou com a French Tech Culture. Ganhámos o primeiro lugar no ranking do acelerador de start-up’s French Tech Culture e o festival permitiu-nos inaugurar este novo dispositivo, uma solução inédita para a legendagem multilíngue.”

Avignon está apostada em ser não só conhecida pelos festivais de artes cénicas, mas também pela inovação tecnológica, como diz o responsável pelo acelerador de soluções tecnológicas “The Bridge”, Jean-François Césarini:

“‘The Bridge’ foi escolhido pelo Ministério frrancês da Economia para fazer de Avignon a capital da cultura e da inovação digital em França, com impacto europeu. Congratulamo-nos com as start-ups, oferecemos-lhes formação, procuramos-lhes financiamento e clientes, e depois damos-lhes lugar nas nossas redes, para que cresçam e consigam criar emprego na região.
Vamos agora lançar a Theatre em Paris e este projecto dos óculos, em Nova Iorque, estabelecendo contato com a Broadway, para que regressem ainda mais fortes e possam desenvolver ainda mais a região.”

Josie é inglesa e fala bem francês, sem ser biligue. Esteve em Avignon e quis experimentar os óculos:

“Receava que pudesse ser bastante perturbador, mas não. Não criou nenhuma bareira entre mim e o palco. Comparado com a legendagem tradicional, que nos obriga a olhar para cima ou para o lado, adaptamo-nos facilmente, olhamos onde queremos, se queremos ler ou não. Com estes óculos poderia ver muito mais teatro sem receio de não compreender.”

Este sistema pode vir a ter muitas outras aplicações fora do teatro ou da ópera. Talvez num futuro próximo possa ser utilizado pelos deficientes auditivos e em áreas como a cirurgia.