Última hora

Última hora

Mogherini tranquiliza Arábia Saudita face ao acordo nuclear com o Irão

Em vésperas de visitar o Irão, a Alta Representante da União Europeia (UE) esteve esta segunda-feira na Arábia Saudita. O programa nuclear iraniano

Em leitura:

Mogherini tranquiliza Arábia Saudita face ao acordo nuclear com o Irão

Tamanho do texto Aa Aa

Em vésperas de visitar o Irão, a Alta Representante da União Europeia (UE) esteve esta segunda-feira na Arábia Saudita. O programa nuclear iraniano terá dominado o encontro com o ministro dos Negócios Estrangeiros saudita, Adel Al-Jubeir.


Confrontada com os receios sauditas de que Teerão poderá ganhar maior liberdade de movimentos no mundo árabe, onde estará a interferir de forma latente e em proveito próprio em diversos conflitos, Mogherini garantiu que, caso não sejam respeitados os termos do acordo celebrado com o grupo 5+1, as sanções voltarão.

“É muito importante para mim, em termos pessoais, primeiro, passar a mensagem de que o acordo é forte e sólido. É, antes de mais, um acordo de não-proliferação nuclear que vai garantir que o Irão não terá armamento nuclear nos próximos 10 a 15 anos e inclui um sólido mecanismo de reaplicação das sanções”, explicou a responsável pela diplomacia da UE.

No encontro entre Mogherini e Al-Jubeir foram ainda abordadas os atritos que perduram na Síria e no Iémen e o histórico conflito israelo-palestiniano. A representante europeia prometeu cooperar com a Arábia Saudita em busca de soluções para os conflitos em curso no mundo árabe.

Mogherini tem, entretanto, chegada ao Irão prevista para esta terça-feira. A italiana tem agendada uma reunião com o ministro dos Negócios Estrangeiros, Mohammed Javad Zarif, e outros governantes iranianos, com quem irá debaterá o início da aplicação do acordo nuclear.

A chefe da diplomacia europeia continua a assumir o papel de coordenação na aplicação do acordo alcançado entre Teerão e o Grupo 5+1 (os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU — Estados Unidos, China, França, Reino Unido, Rússia — mais a Alemanha).