Última hora

Última hora

Intensificam-se as hostilidades entre Ancara e a rebelião curda

Três soldados turcos foram mortos nesta quinta-feira num novo ataque atribuído à rebelião curda. Estão assim relançasdas e confirmadas as

Em leitura:

Intensificam-se as hostilidades entre Ancara e a rebelião curda

Tamanho do texto Aa Aa

Três soldados turcos foram mortos nesta quinta-feira num novo ataque atribuído à rebelião curda.

Estão assim relançasdas e confirmadas as hostilidades entre a guerrilha do PKK e Ancara.

Uma série de ataques foram realizados pela aviação turca.
Os F-16 do exército visaram alvos do PKK na Turquia e em aldeias nas montanhas do norte do Iraque, onde se refugiam os rebeldes.

Este residente de curdo de Amadiya mostra a destruição.

“Metade dos moradores da aldeia saiu por causa do bombardeio e têm medo de voltar. Grande parte da nossa colheita e habitações foram queimadas. Não há nenhum benefício nesta guerra. Esperamos que o governo turco e o PKK resolvam os seus problemas com discussões pacíficas . “

Após o atentado suicida de 20 de julho em Suruç (sul), atribuído ao grupo Estado Islâmico (EI) e que deixou 32 mortos, principalmente jovens militantes da causa curda, que o conflito turco-curdo recrudesce.

Os curdos acusam o poder central de não proteger a população local.

O presidente Recep Tayyip Erdogan disse que considera impossível manter o processo de paz que começou em 2012 com o PKK e assegurou que não recua na “guerra contra o terrorismo, na qual também inclui a ofensiva contra o grupo jihadista Estado Islâmico.