This content is not available in your region

Turquia: Justiça investiga líder de formação pró-curda

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa  com AFP / EFE / Reuters
Turquia: Justiça investiga líder de formação pró-curda

<p>A Justiça turca decidiu abrir uma investigação ao líder da oposição pró-curda Selahattin Demirtas. O copresidente do <span class="caps">HDP</span> – que se tornou recentemente na quarta força do Parlamento e impediu o <span class="caps">AKP</span> no poder de conquistar a maioria absoluta – é acusado de “incitar e armar” os manifestantes durante os protestos de outubro do ano passado no sudeste da Turquia.</p> <p>Demirtas considera que o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, quer “criar uma falsa percepção por parte do público. O principal objetivo é garantir que o <span class="caps">HDP</span> paga o preço pelas armas do <span class="caps">PKK</span>. Ele não pretende desarmar o <span class="caps">PKK</span>, nem quer saber da paz”.</p> <p>Enquanto a Justiça turca visa a formação pró-curda, o Exército continua as operações contra os rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão, tanto no sudeste da Turquia, como no vizinho Iraque.</p> <p>Três dezenas de F-16 turcos efetuaram novos raides aéreos contra alvos em território iraquiano. Os bombardeamentos tiveram lugar algumas horas depois de supostos membros do <span class="caps">PKK</span> atacarem uma coluna das forças de segurança turcas na província de Sirnak, resultando na morte de três soldados.</p>