Última hora

Última hora

Turquia responsabiliza o PKK por atentado suicida próximo da fronteira com o Irão

Dois militares turcos morreram e outros 24 ficaram feridos numa atentado suicida no leste da Turquia que as autoridades atribuem a militantes do PKK, o Partido dos Trabalhadores do Curdistão.

Em leitura:

Turquia responsabiliza o PKK por atentado suicida próximo da fronteira com o Irão

Tamanho do texto Aa Aa

Dois militares turcos morreram e outros 24 ficaram feridos numa atentado suicida no leste da Turquia que as autoridades atribuem a militantes do PKK, o Partido dos Trabalhadores do Curdistão.

O alvo desta madrugada foi um quartel em Dogubeyazit, próximo da fronteira com o Irão, que foi atingindo por um trator carregado com cerca de duas toneladas de explosivos.

A Turquia tem estado essencialmente a bombardear bases do PKK no norte do Iraque desde que, no final do mês passado, lançou o que o primeiro-ministro chama de “luta sincronizada contra o terrorismo” e que levou Ancara a abrir as suas bases militares à coligação liderada pelos Estados Unidos, que combate o grupo Estado Islâmico.

O francês “Le Monde” publicou um trabalho em vídeo sobre esta escalada da violência:

A oposição política pro-curda, acusa o poder de estar a utilizar a guerra contra os jihadistas como cobertura para atacar o curdos.