Última hora

Última hora

Operação Tempestade: Croácia celebra e Sérvia chora os mortos

A Croácia celebra durante dois dias, com grande aparato, os 20 anos da Operação Tempestade que levou à “reconquista da Krajina”. Apesar de

Em leitura:

Operação Tempestade: Croácia celebra e Sérvia chora os mortos

Tamanho do texto Aa Aa

A Croácia celebra durante dois dias, com grande aparato, os 20 anos da Operação Tempestade que levou à “reconquista da Krajina”.

Apesar de convidados, nenhum país da região ou dos aliados da NATO participou no desfile militar.

No dia 04 de agosto de 1995 as tropas croatas assumiram o controlo da autoproclamada República Sérvia da Krajina, que não reconhecia a autoridade de Zagreb e representava a população sérvia ortodoxa da Croácia, maioritária desde há muitos séculos naquela região.

Diversas localidades foram ocupadas e cerca de 200 mil sérvios foram expulsos nos quatro dias da operação militar.

A Sérvia na mesma data não festeja nem comemora, mas recorda e homenageia as vítimas da operação-relâmpago de limpeza étnica, durante a qual foram incendiadas numerosas povoações e centenas de civis foram torturados e mortos.

O primeiro-ministro da Sérvia, Aleksandar Vuicic, lamentou as celebrações croatas e afirmou que a Operação Tempestade foi um “crime horrível”.