Última hora

Última hora

Kiev quer julgar chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas russas

As autoridades ucranianas acusam a Rússia de ter preparado uma guerra na Ucrânia e apontam o dedo ao chefe do Estado-Maior General das Forças

Em leitura:

Kiev quer julgar chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas russas

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades ucranianas acusam a Rússia de ter preparado uma guerra na Ucrânia e apontam o dedo ao chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas russas.

Valery Gerasimov e dez militares altamente graduados terão, alegadamente, planos para desenvolver um conflito, e Kiev quer julgá-los.

Anatoliy Matios, Procurador-Geral Militar ucraniano explica: “Desde 8 a 23 de agosto de 2014, sob as ordens de Gerasimov, as posições do Exército ucraniano foram sistematicamente atacadas com “ Grad “,” Smerch “e” Uragan” lançadores múltiplos de foguetes a partir do território da Federação Russa. E isso foi confirmado com evidência “.

Apesar do Ministério da Defesa russo ter afirmado que as ausações são falsas e infundadas Kiev irá tudo fazer para levar por diante este processo, como reporta a correspondente da Euronews: “Gabinete do Procurador-Geral da Ucrânia declarou que vão fazer todo o possível a fim de iniciar julgamento à revelia contra o Chefe do Estado-Maior da Rússia o mais breve possível. No entanto, pode ser problemático como não houve precedentes de julgamentos à revelia por crimes de guerra na Ucrânia”.