Última hora

Última hora

Tóquio 2020: Designer nega plágio

A apresentação do logótipo dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020 ficou marcada pela polémica semelhança com o logótipo do Teatro de Liège, na

Em leitura:

Tóquio 2020: Designer nega plágio

Tamanho do texto Aa Aa

A apresentação do logótipo dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020 ficou marcada pela polémica semelhança com o logótipo do Teatro de Liège, na Bélgica.

Kenjiro Sano foi o responsável pela criação do símbolo para os Jogos e apesar de negar o plágio, admite que é impossível partir do nada:

“É claro que qualquer criativo é influenciado por aquilo que o rodeia. Nunca começamos completamente do zero, ao longo da nossa vida quotidiana há várias coisas que nos marcam. Mas qualquer criativo respeita o princípio básico de não plagiar, e é um ponto de honra que ninguém pode esquecer.”

O possível plágio do logótipo é a mais recente polémica em torno de Tóquio 2020. O mês passado, o diretor-geral, Kimito Kubo, tinha batido com a porta depois dos custos dispararem com a decisão de reconstruir o estádio olímpico em vez de proceder a uma simples renovação.