Última hora

Última hora

EUA: Donald Trump continua a disparar em todas as direções

Nos Estados Unidos, o primeiro debate entre os dez aspirantes melhor situados para a candidatura republicana nas eleições presidenciais de 2016

Em leitura:

EUA: Donald Trump continua a disparar em todas as direções

Tamanho do texto Aa Aa

Nos Estados Unidos, o primeiro debate entre os dez aspirantes melhor situados para a candidatura republicana nas eleições presidenciais de 2016 realizou-se quinta-feira, em Cleveland, num clima de grande aparato mediático.

O magnata Donald Trump não descartou a possibilidade de se apresentar como independente caso não seja escolhido como candidato do Partido Republicano, e quanto ao Irão foi bem claro:

“Estamos a negociar com o Irão. Devíamos dizer ‘queremos este, queremos este, queremos que libertem os nossos prisioneiros, queremos tudo isto e não estamos a receber nada’. Se o Irão fosse cotado na bolsa, deviam comprar de imediato, porque iriam quadruplicar. O que se passa com o Irão é uma vergonha e vai levar à destruição em vastas zonas do mundo”, afirmou o magnata.

Trump atacou tudo o que estava ao seu alcance, incluindo Jeb Bush, criticando a governação da parte final do mandato de George W. Bush que acusou de deixar a porta aberta para Barack Obama.

“Com o que hoje se sabe – informações deficientes e não se ter dado prioridade à segurança – a invasão do Iraque foi um erro. Eu não teria avançado.
Esta é a lição que devemos aprender sobre essa matéria: Barack Obama tornou-se Presidente e saiu do Iraque. Quando deixou o Iraque, a Al Qaida estava à espera e o Estado Islâmico foi criado por causa do vazio que ficou, quando viemos embora”, retorquiu o irmão do ex-presidente.

Durante o debate foi registada mais uma declaração polémica de Donald Trump, a juntar à lista que vai crescendo: “Não tenho tempo para ser sempre politicamente correto”.