Última hora

Última hora

Síria: ONU encarrega peritos de apontarem responsáveis de ataques químicos

O Conselho de Segurança da ONU aprovou, de forma unânime, uma resolução que encarrega um grupo de peritos de identificar os responsáveis pelos

Em leitura:

Síria: ONU encarrega peritos de apontarem responsáveis de ataques químicos

Tamanho do texto Aa Aa

O Conselho de Segurança da ONU aprovou, de forma unânime, uma resolução que encarrega um grupo de peritos de identificar os responsáveis pelos ataques com armas químicas na Síria.

A proposta norte-americana, apoiada pela Grã-Bretanha e pela França, conseguiu mesmo a adesão da Rússia, aliada de Damasco.

A embaixadora norte-americana nas Nações Unidas, Samantha Power, afirmou que “envia uma mensagem clara a todos os envolvidos (…): se usarem gás contra a população, serão identificados”.

O embaixador sírio, Bashar Jaafari, voltou a negar o uso de armas químicas “por parte do governo ou do Exército” e disse que “foram grupos terroristas que visaram os civis sírios com armas químicas, incluindo gás de cloro”.

Washington, Londres e Paris acusam as forças de Bashar al-Assad de executarem nos últimos 16 meses vários ataques com gás de cloro, nomeadamente no noroeste do país. Para Moscovo, não existe de momento qualquer prova irrefutável da responsabilidade de Damasco.