Última hora

Última hora

Palestinianos pedem vingança no funeral da segunda vítima de ataque extremista judeu

Centenas de palestinianos participaram no funeral de Saad Dawabsheh, a segunda vítima mortal do ataque com cocktails molotov lançado por extremistas

Em leitura:

Palestinianos pedem vingança no funeral da segunda vítima de ataque extremista judeu

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de palestinianos participaram no funeral de Saad Dawabsheh, a segunda vítima mortal do ataque com cocktails molotov lançado por extremistas judeus contra uma casa familiar, no Norte da Cisjordânia ocupada. Gritos de ira pediram aos militantes a vingança destas mortes.

Ao funeral assistiram representantes do Hamas, da Fatah e da Iniciativa Nacional Palestiniana.

Um bebé, filho de Saad, morreu queimado no incêndio provocado pelo ato que Israel não hesitou em classificar como “terrorismo”. A mulher, de 27 anos, tem queimaduras de terceiro grau em 90% do corpo e necessita de respiração assistida. O outro filho, de quatro anos, apresenta queimaduras de segundo grau em 60% do corpo.