Última hora

Última hora

Bolsas europeias pressionadas por desvalorização da moeda chinesa

Em leitura:

Bolsas europeias pressionadas por desvalorização da moeda chinesa

Tamanho do texto Aa Aa

A desvalorização da moeda chinesa pressionou as praças europeias ao longo da jornada desta quarta-feira e a “maré vermelha” dominou o velho continente. Frankfurt e Paris registaram quedas acima dos 3%.

Os investidores temem a desaceleração da segunda maior economia mundial e estão a fugir ao risco do mercado acionista.

“‘É preciso haver segurança. Por isso, os investidores procuram estar seguros e observam os acontecimentos na Ásia. Temem os efeitos dos acontecimentos na China e as matérias-primas estão a sentir essa pressão. Nos mercados, nota-se, por isso, que as pessoas estão bastantes cautelosas”, explica Arthur Brunner, do ICF Bank AG.

Entre tombos generalizados das congéneres europeias, no velho continente, o português PSI 20 foi o índice que menos perdeu.

Chegou ao fim da sessão em terreno negativo, a ceder 1,13%.