Última hora

Última hora

Fluxo de migrantes para a Grécia leva Bruxelas a desbloquear fundos

A Comissão Europeia vai ajudar financeiramente a Grécia que enfrenta um fluxo maciço de migrantes. As autoridades gregas não têm mãos a medir. No

Em leitura:

Fluxo de migrantes para a Grécia leva Bruxelas a desbloquear fundos

Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia vai ajudar financeiramente a Grécia que enfrenta um fluxo maciço de migrantes. As autoridades gregas não têm mãos a medir. No início da semana estavam sete mil migrantes e refugiados em Kos, uma ilha de 30 mil habitantes. Perto de 3 mil refugiados sírios conseguiram os documentos necessários para seguir viagem para Atenas nos últimos dois dias, mas a situação permanece preocupante.

O comissário europeu para as migrações, Dimitris Avramopoulos, explicou que o colégio de Bruxelas aprovou no início da semana um programa de financiamento para a Grécia num montante de 474 milhões de euros e que o governo de Atenas estava a pôr de pé a autoridade que vai gerir este fundo. Quando este procedimento estiver concluído a Comissão vai desembolsar imediatamente 30 milhões de euros.

A ilha de Kos apresenta o caso mais grave atualmente. Esta sexta-feira chegou ao território um ferry-boat que vai servir como centro de registo dos refugiados sírios mas não os vai albergar. Quanto aos clandestinos das restantes nacionalidades vão ser tratados como imigrantes, alertaram as autoridades.

A Grécia já recebeu nos primeiros sete meses deste ano cerca de 124 mil migrantes, um número que representa uma subida de 750 por cento relativamente ao total de 2014. A proximidade das ilhas gegas da costa turca permite fazer a travessia em pequenos botes insufláveis.