Última hora

Última hora

México: Nova descoberta nas profundezas da pirâmide de Chichen Itza

Os cientistas descobriram uma grande massa de água por baixo da base da pirâmide, uma cave sagrada, com 35 metros de largura e 20 metros de profundidade.

Em leitura:

México: Nova descoberta nas profundezas da pirâmide de Chichen Itza

Tamanho do texto Aa Aa

Uma nova descoberta feita nas profundidades de uma das sete maravilhas do mundo: a pirâmide de Chichen Itza, no México.

Os cientistas descobriram uma grande massa de água por baixo da base da pirâmide, uma cave sagrada, com 35 metros de largura e 20 metros de profundidade.

Trata-se de uma descoberta que pode ajudar a compreender melhor a avançada civilização maia, o império antigo que construiu a pirâmide.

Denisse Argote do Instituto Nacional de Antropologia e História do México explica: “Sabemos que em zonas cáusticas existem águas subterrâneas nas redondezas. Assim, tendo em conta o conceito do útero materno, as origens da vida, e água, que é a origem da vida, temos um duplo significado que é muito relevante. Considerando todos estes conceitos é algo ligado com o pensamento mágico e religioso.”

A cidade maia de Chichen Itza é um dos destinos turísticos mais procurados no México que, todos os anos, atrai milhares de visitantes internacionais.

Virtual visit. www.inah.gob.mx/