Última hora

Última hora

Confrontos entre migrantes na ilha grega de Kos

Grupos de migrantes de diferentes nacionalidades envolveram-se este sábado em conflitos, na ilha grega de Kos, onde as autoridades têm cada vez mais

Em leitura:

Confrontos entre migrantes na ilha grega de Kos

Tamanho do texto Aa Aa

Grupos de migrantes de diferentes nacionalidades envolveram-se este sábado em conflitos, na ilha grega de Kos, onde as autoridades têm cada vez mais dificuldades em gerir os mais de sete mil clandestinos.

Este sábado cerca de 50 homens vindos do Paquistão, Irão e Afeganistão, agrediram alguns sírios. Queixam-se de que os sírios são previligiados e que as autoridades os ignoram.

Os migrantes originários da Síria têm direito a pedir estatuto de refugiado de guerra, de acordo com as leis internacionais de imigração, o que exaspera os restantes.

As autoridades ainda não conseguiram organizar o processo de identificação e registo dos refugiados, que deverá funcionar a bordo do barco enviado por Atenas na sexta-feira.

Entretanto centenas continuam a chegar diariamente. Este sábado, a guarda costeira grega resgatou pelo menos 212 migrantes que chegaram a Kos em botes pneumáticos.

As autoridades de Kos e outras ilhas gregas do Egeu próximas da costa da Turquia estão transbordadas pelo fluxo migratório das últimas semanas.