Última hora

Última hora

Explosões na China: 21 bombeiros morreram e famílias exigem informações

Pelo menos 21 bombeiros terão perdido a vida, entre os 85 mortos confirmados, na sequência da dupla explosão de quarta-feira em Tianjin, no norte da

Em leitura:

Explosões na China: 21 bombeiros morreram e famílias exigem informações

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 21 bombeiros terão perdido a vida, entre os 85 mortos confirmados, na sequência da dupla explosão de quarta-feira em Tianjin, no norte da China. As identidades das baixas entre os soldados da paz não terá sido revelada e as famílias de bombeiros incontactáveis exigem saber notícias dos familiares.

As autoridades chinesas têm vindo a atualizar a informação com alguma regularidade, mas não a contento dos familiares dos bombeiros. Numa das últimas comunicações, foi revelada a presença de substâncias tóxicas na zona das explosões, mas o balanço de mortos mantém-se nos 85 e o de feridos foi anunciado como sendo de 721, a que se deverá agora somar o sobrevivente resgatado este sábado dos escombros.

De acordo com um balanço realizado na noite de sexta-feira, cerca de 20 bombeiros estavam ainda, àquela altura, dados como desaparecidos.

Mulher usa tragédia para “roubar” 12 mil euros pela internet

Uma alegada mulher terá aproveitado a tragédia de Tianjin para engendrar um esquema para enganar cibernautas solidários. A história é revelada através do Twitter pelo jornal Daily China (ver em baixo, o “twit”), o qual adiante que a mulher terá conseguido arracadar cerca de 90 mil yuans (cerca de 12 mil euros) ao pedir ajuda depois de alegar que o pai tinha morrido na sequância das fortes explosões de quarta-feira.