Última hora

Última hora

Lorenzo vence em Brno e destrona Rossi da liderança do mundial de Moto GP

A luta pelo título mundial de Moto GP está ao rubro depois da vitória de Jorge Lorenzo no Grande Prémio da República Checa. O espanhol é o novo líder

Em leitura:

Lorenzo vence em Brno e destrona Rossi da liderança do mundial de Moto GP

Tamanho do texto Aa Aa

A luta pelo título mundial de Moto GP está ao rubro depois da vitória de Jorge Lorenzo no Grande Prémio da República Checa. O espanhol é o novo líder da classificação geral mas com sete corridas por disputar, tem os mesmos pontos que o companheiro de equipa Valentino Rossi.

Lorenzo já tinha deixado o aviso na fase de qualificação ao estabelecer um novo recorde do circuito. Na corrida, a estratégia foi simples: largar da pole position, impor um ritmo demolidor e deixar toda a gente para trás. Marc Márquez foi o único que se mostrou capaz de acompanhar o maiorquino mas sem nunca ameaçar a liderança.

Valentino Rossi, por sua vez, largou mal e caiu para quinto. Ainda recuperou o terceiro posto mas sempre bem distante dos homens da frente.

O italiano tem sido de uma regularidade impressionante e terminou todas as corridas no pódio. O duelo com Lorenzo prevê-se empolgante, ambos os pilotos têm 211 pontos mas a vantagem está do lado do espanhol, que tem mais vitórias. Márquez, por sua vez, está já a 52 pontos dos dois pilotos da Yamaha.

Zarco mais próximo do título, Miguel Oliveira desilude

No Moto 2, Johann Zarco deu um passo importante rumo ao título mundial ao conquistar a quarta vitória da temporada em Brno.

O francês tem sido o grande destaque da temporada na Moto dois e não defraudou as expectativas na República Checa. Até se deixou surpreender na partida mas recuperou a liderança logo na segunda volta. Não mais a perdeu.

Zarco tem o título mundial da categoria praticamente assegurado, a sete corridas do fim tem uma vantagem de 79 pontos sobre o espanhol Tito Rabat.

Na Moto 3, Niccolò Antonelli, que nunca tinha sequer subido ao pódio, festejou o primeiro triunfo da carreira. A corrida de ficou marcada pelos dois acidentes logo a abrir que deixaram oito pilotos fora de prova e obrigaram à interrupção do Grande Prémio.

Após a segunda partida, o equilíbrio foi a nota dominante. Miguel Oliveira chegou a andar na frente e registou a volta mais rápida mas teve de se contentar com a oitava posição. Venceu pela primeira vez Niccolò Antonelli, Danny Kent foi sétimo e continua a liderar o mundial.

A primeira vez de Il Dottore

Antonelli não foi o único piloto a festejar o triunfo de estreia no Grande Prémio da República Checa. A 18 de agosto de 1996 um italiano de 17 anos alcançou nos cento e vinte e cinco centímetros cúbicos a primeira de muitas vitórias na carreira. O seu nome? Valentino Rossi.

Pouca gente se apercebeu na altura mas tinha acabado de nascer um dos maiores campeões de todos os tempos. Dezanove anos depois, o italiano continua entre a elite do motociclismo e persegue o décimo título mundial, oitavo no escalão máximo.

Il Dottore tem um total de 111 vitórias e 207 presenças no pódio em 323 corridas, tendo conquistado um total de 5 304 pontos, mais que qualquer piloto da história.

Só Giacomo Agostini subiu por mais vezes ao lugar mais alto do pódio, mas Rossi festejou mais triunfos na categoria rainha.

Tudo começou com um triunfo sobre Jorge Martínez.