Última hora

Última hora

China: Perto de uma centena de desaparecidos em Tanjin

Soldados chineses e equipas de resgate procuram limpar os materiais tóxicos no porto de Tianjin, quatro dias após as explosões que mataram 112

Em leitura:

China: Perto de uma centena de desaparecidos em Tanjin

Tamanho do texto Aa Aa

Soldados chineses e equipas de resgate procuram limpar os materiais tóxicos no porto de Tianjin, quatro dias após as explosões que mataram 112 pessoas.

O objetivo é eliminar os produtos químicos, antes da queda da chuva que poderia criar ainda mais perigo.

Cerca de 100 toneladas de cianeto de sódio mortal estavam armazenadas em dois locais separados.

http://elpais.com/elpais/2015/08/13/album/1439459017_031082.html#1439459017_031082_1439460569

O primeiro-ministro chinês visitou pela primeira vez ao local do acidente.

O número de desaparecidos eleva-se a 95 sendo a maioria bombeiros. Sabe-se que 720 pessoas continuam hospitalizadas. Um perímetro de segurança de
e dois quilómteros foi criado em torno da área da explosão.

As equipas de bombeiros foram criticadas por usarem água no combate ao incêndio, o que poderá ter contribuído para as explosões, dada a natureza volátil dos produtos químicos envolvidos.

Perto de 6.300 pessoas foram deslocadas pelas explosões.

http://tempsreel.nouvelobs.com/galeries-photos/monde/20150814.OBS4162/photos-tianjin-frappee-de-desolation-apres-les-explosions.html

A Procuradoria Popular chinesa abriu uma investigação para apurar se houve atos ilegais que tivessem causado o sinistro.

Cerca de 40 membros da família dos bombeiros ainda desaparecidos protestaram frente à sede do governo para reclamarem informações .