Última hora

Última hora

Síria: Enviado da ONU "horrorizado" com massacre de civis

Massacre de civis na Síria provoca condenação generalizada no Conselho de Segurança da ONU. Os Estados Unidos condenaram os ataques do regime sírio

Em leitura:

Síria: Enviado da ONU "horrorizado" com massacre de civis

Tamanho do texto Aa Aa

Massacre de civis na Síria provoca condenação generalizada no Conselho de Segurança da ONU.

Os Estados Unidos condenaram os ataques do regime sírio, que mataram 96 pessoas num mercado perto de Damasco, um dos mais violentos desde o início da guerra em 2011.

O diretor de assuntos humanitários da ONU, Stephen O’Brien, que visitava Damasco no momento dos ataques, disse que estava “horrorizado com a total falta de respeito demonstrada para com as vidas dos civis neste conflito”.

O’Brien deslocou-se a Damasco para avaliar as necessidades humanitárias da Síria, um país com mais de 7,6 milhões de deslocados e 422.000 civis cercados pelos beligerantes, segundo a ONU.

O incidente aconteceu na mesma zona e quase dois anos depois de um ataque com armas químicas que as potências ocidentais e a oposição atribuem ao regime de Bashar al-Assad.

Uma série de ataques da Força Aérea síria atingiu, no domingo, um mercado muito movimentado no centro de Duma, 13 km a nordeste de Damasco sob controle dos insurgentes há quase três anos.

A União Europeia afirmou que “os responsáveis pelas graves violações dos direitos Humanos e do massacre de milhares de civis devem prestar contas”.