Última hora

Em leitura:

Tailândia:Polícia procura "homem-bomba" de Banguecoque


Tailândia

Tailândia:Polícia procura "homem-bomba" de Banguecoque

Ainda em estado de choque os tailandeses regressam ao santuário de Erawan em Banguecoque, que reabriu dois dias após o atentado de que foi alvo. Flores e velas foram deixadas às primeiras horas da manhã, em memória das 22 pessoas mortas na explosão.

Os turistas não sabem que pensar:
“É assustador, obviamente, duas bombas em dois dias, nós vamos para Chiang Mai, onde é um pouco mais tranquilo.”

Autoridades tailandesas informaram que ainda estão a procurar o principal suspeito, um homem que foi filmado em circuito fechado de televisão a largar uma mochila.

“Nós suspeitamos que é ele o homem-bomba”, diz o porta-voz da polícia nacional.

A polícia acredita que os alvos eram os estrangeiros e que os autores pretendiam “prejudicar o turismo”, um dos poucos setores da economia tailandesa com bons resultados. Nesta terça-feira, 23 países emitiram avisos aos cidadãos que viajarem para a Tailândia.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Paris e Londres vão reforçar segurança no Canal da Mancha