Última hora

Última hora

França e Reino Unido reforçam cooperação face à crise migratória

França e Reino Unido assinaram esta quinta-feira um novo acordo bilateral para reforçar a cooperação face à crise migratória no Canal da Mancha. Na

Em leitura:

França e Reino Unido reforçam cooperação face à crise migratória

Tamanho do texto Aa Aa

França e Reino Unido assinaram esta quinta-feira um novo acordo bilateral para reforçar a cooperação face à crise migratória no Canal da Mancha.

Na cidade portuária de Calais, à entrada do Eurotunnel no norte de França, o ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve, e a homóloga britânica, Theresa May, anunciaram a criação de um centro conjunto de comando e controlo da imigração clandestina.

Cazeneuve frisou que é preciso “implementar soluções eficazes para regular o fluxo migratório, para receber os imigrantes de uma forma humana e para assumir as obrigações em termos de asilo, mas também para lutar com determinação contra as redes de tráfico [humano]”.

Ambos os ministros frisaram que o problema não é exclusivo dos dois países e deve ser abordado e tratado, tanto com os parceiros europeus, como com os países de origem e trânsito dos imigrantes.

May sublinhou que “a situação em Calais é o resultado de um desafio global de migração” e é por isso que o Reino Unido e França “vão continuar a trabalhar de perto para garantir que o resto da União Europeia, bem como os países de onde provêem ou por onde passam os imigrantes, também cumprem o seu papel na resolução do problema”.

A situação dos imigrantes “sem papéis” que se acumulam nos arredores de Calais, à espera de uma oportunidade para passar para o Reino Unido, constitui uma verdadeira crise humanitária, segundo a ONU.