Última hora

Última hora

Estados Unidos confirmam morte de "número dois" do autodenominado Estado Islâmico

A Casa Branca confirmou esta sexta-feira a morte do “número dois” do grupo autodenominado Estado Islâmico. Fadhil Ahmad al-Hayali, também conhecido

Em leitura:

Estados Unidos confirmam morte de "número dois" do autodenominado Estado Islâmico

Tamanho do texto Aa Aa

A Casa Branca confirmou esta sexta-feira a morte do “número dois” do grupo autodenominado Estado Islâmico. Fadhil Ahmad al-Hayali, também conhecido como Hajji Mutazz, foi uma figura de proa do coletivo, mas não resistiu a um ataque aéreo das forças norte-americanas no Iraque e perdeu a vida na última terça-feira, 18 de agosto.

Foi atingido quando viajava num veículo perto de Mosul.

De acordo com o Governo dos Estados Unidos, além do “número dois” do autodenominado Estado Islâmico também morreu Abu Abdullah, que operava no setor dos meios de comunicação social do grupo.