Última hora

Última hora

Londres e Teerão reabrem embaixadas

A Grã-Bretanha reabriu este domingo a sua embaixada em Teerão, a capital iraniana, quase quatro anos depois da invasão do edifício por manifestantes

Em leitura:

Londres e Teerão reabrem embaixadas

Tamanho do texto Aa Aa

A Grã-Bretanha reabriu este domingo a sua embaixada em Teerão, a capital iraniana, quase quatro anos depois da invasão do edifício por manifestantes que protestavam contra as sanções aplicadas ao Irão.

A cerimónia contou com a presença do chefe da diplomacia britânica Philip Hammond, que está em Teerão acompanhado de representantes da petrolífera Shell e outras empresas do setor energético.

A delegação britânica tem encontros em Teerão com o presidente iraniano Hassan Rouhani, o conselheiro do líder Ayatollah Ali Khamenei, Ali Akbar Velayat, o ministro dos Assuntos Estrangeiros, Javad Zarif, e o ministro do Petróleo, Bijan Namdar Zanganeh.

A embaixada britânica foi fechada em novembro de 2011, depois de violentos tumultos, quando manifestantes hostis ao endurecimento das sanções contra o Irão saquearam o edifício.

Em resposta, o primeiro ministro David Cameron expulsou de Londres os membros da representação diplomática iraniana.

Este domingo foi igualmente reaberta em Londres, a embaixada do Irão.

Os países ocidentais, que se encontravam fortemente limitados nas suas relações comerciais com o Irão em consequência das sanções relacionadas com o programa nuclear iraniano, esperam, depois do acordo de 14 de julho, repor rapidamente as relações com Teerão, para entrar num mercado que representa quase 80 milhões de habitantes.