Última hora

Última hora

França: procurador público acusa Ayoub El Khazzani de tentativa de homicídio com intenções terroristas

O procurador público francês acusou formalmente esta terça-feira o jovem marroquino suspeito de querer cometer uma carnificina num comboio de alta

Em leitura:

França: procurador público acusa Ayoub El Khazzani de tentativa de homicídio com intenções terroristas

Tamanho do texto Aa Aa

O procurador público francês acusou formalmente esta terça-feira o jovem marroquino suspeito de querer cometer uma carnificina num comboio de alta velocidade francês na sexta-feira passada.

Point of view

""As investigações vão ajudar a determinar a origem das armas, o paradeiro de Ayoub El Khazzani, as suas relações pessoais, o auxílio recebido e o financiamento" - François Molins, procurador público francês"

O procurador, François Molins, afirma que o jovem, Ayoub El Khazzani, teria planeado o ataque e que se trataria de uma tentativa de homicídio com intenções terroristas.

“As investigações vão agora continuar sob a autoridade do juíz que será nomeado. As investigações vão ajudar a determinar a origem das armas, o paradeiro de Ayoub El Khazzani, as suas relações pessoais, o auxílio recebido e o financiamento” disse François Molins em conferência de imprensa.

O incidente da semana passada despoletou um aumento das medidas de segurança nas linhas ferroviárias internacionais.

O jovem, de 25 anos, foi subjugado por vários indivíduos, entre eles três norte-americanos, um britânico e um francês.

Ayoub El Khazzani levava consigo uma metralhadora, uma pistola e uma garrafa com gasolina para além de munições.

De acordo com o procurador público francês, antes da tentativa de ataque, Khazzani teria escutado vários ficheiros áudio através do telemóvel nos quais se apelava à luta armada em nome do profeta.

O advogado do jovem afirma que a intenção de Ayoub El Khazzani seria assaltar os passageiros e não cometer um ato terrorista.