Última hora

Última hora

Áustria: Descoberta de cadáveres de refugiados abala cimeira de Viena

A descoberta de dezenas de corpos de refugiados num camião na Áustria, volta a ilustrar a crise migratória na região, no mesmo dia em que o tema é

Em leitura:

Áustria: Descoberta de cadáveres de refugiados abala cimeira de Viena

Tamanho do texto Aa Aa

A descoberta de dezenas de corpos de refugiados num camião na Áustria, volta a ilustrar a crise migratória na região, no mesmo dia em que o tema é discutido numa cimeira em Viena.

O veículo frigorífico com entre 20 e 50 corpos em estado de decomposição foi encontrado esta quinta-feira, estacionado junto à berma da principal autoestrada entre a capital austríaca e Budapeste.

As vítimas, cuja nacionalidade não é para já conhecida, teriam morrido asfixiadas dentro do veículo, um camião de transporte de produtos avícolas com matrícula húngara, registada no nome de um cidadão romeno.

A ministra do Interior austríaca, Johanna Mikl-Leitner, não hesitou em apontar o dedo às redes de imigração clandestina:

“Os que continuam a pensar que os traficantes são simpáticos porque ajudam migrantes a escapar, devem pensar agora nestas pessoas que já não podem ser ajudadas”.

Reunida com os líderes dos países dos balcãs ocidentais numa cimeira em Viena, a Chanceler alemã Angela Merkel defendeu a responsabilidade da União Europeia em agir.

“A situação desta manhã recorda-nos a necessidade de abordar o problema da imigração e de resolvê-lo rapidamente num espírito europeu o que quer dizer num espírito de solidariedade”.

A polícia austríaca encontra-se atualmente a tentar identificar os cadáveres.

A descoberta ocorre apenas um dia depois de 51 corpos de refugiados terem sido encontrados no porão de uma embarcação no Mediterrâneo, a até agora principal rota da migração clandestina para a Europa.