Última hora

Última hora

Bolsas europeias arrancam com subidas acima dos 2%

A pressão sobre as bolsas europeias parece ter aliviado. Na abertura, esta quinta-feira, as principais praças europeias – como Frankfurt, Londres e

Em leitura:

Bolsas europeias arrancam com subidas acima dos 2%

Tamanho do texto Aa Aa

A pressão sobre as bolsas europeias parece ter aliviado. Na abertura, esta quinta-feira, as principais praças europeias – como Frankfurt, Londres e Paris – arrancaram com subidas acima dos 2%. Lisboa iniciou a jornada a registar precisamente um aumento de 2,24%.

Dois fatores terão contribuído para este cenário: Wall Street reagiu finalmente ao sismo chinês, e ontem apresentou resultados positivos na ordem dos 4%; por sua vez, após os afundamentos que fizeram tremer o globo, Xangai encerrou hoje com uma subida notória de 5,34%.

Mesmo assim, há investidores que realçam que “a bolsa chinesa ainda está vulnerável. Os investimentos não são aconselháveis até este mercado se fortalecer outra vez, até que o Índice Composite de Xangai se recomponha. As quedas foram muito grandes e as subidas ainda são reduzidas. Só os grandes investidores é que têm margem de negociação.”

Após seis sessões a recuar, a reanimação do índice Dow Jones ajudou o mercado do gigante asiático a reequilibrar-se um pouco. A perspetiva de que a Reserva Federal vai adiar a subida das taxas de juro contribuiu para esta acalmia.