Última hora

Última hora

Nelson Évora saltou para o bronze em Pequim

Nelson Évora garantiu a primeira medalha para Portugal em Pequim ao conquistar o bronze no triplo salto. O atleta português mostrou que a lesão

Em leitura:

Nelson Évora saltou para o bronze em Pequim

Tamanho do texto Aa Aa

Nelson Évora garantiu a primeira medalha para Portugal em Pequim ao conquistar o bronze no triplo salto. O atleta português mostrou que a lesão pertence ao passado e saltou 17,52 metros, a sua sexta melhor marca de sempre.

Depois do título europeu de pista coberta, conquistado em Praga, o melhor saltador português de sempre encontra-se definitivamente instalado entre a elite do triplo salto mundial e será um nome a ter em conta na luta pelas medalhas nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro do próximo ano.

Vocês sabem o que este bronze representa! #VoaNelsonYou know what this bronze means, right?

Posted by Nelson Évora on Thursday, 27 August 2015

O ouro nos Campeonatos do Mundo foi arrebatado pelo norte-americano Christian Taylor com o segundo melhor salto da história, 18,21 metros.

Bem mais discreta foi a participação do outro português em ação em Pequim esta quinta-feira. Hélio Gomes ficou-se pela primeira ronda nos 1500 metros.

Quem não se cansa de bater recordes é Usain Bolt. O jamaicano voltou a derrotar Justin Gatlin nos mundiais de Pequim e sagrou-se campeão do mundo nos 200 metros pela quarta vez consecutiva, uma proeza nunca antes alcançada. Tornou-se também no primeiro atleta da história a vencer dez medalhas de ouro.

Nas senhoras, foi Allyson Felix a fazer história. A norte-americana somou o nono título mundial, finalmente na disciplina que sempre tinha escapado, quer em mundiais, quer em Jogos Olímpicos, os 400 metros.

No lançamento do martelo, Anita Włodarczyk foi a única atleta a ultrapassar os 80 metros e fê-lo logo por duas vezes. A polaca repetiu o título conquistado em 2009.