Última hora

Última hora

Ucrânia homenageia soldados que morreram em Ilovaisk

Em leitura:

Ucrânia homenageia soldados que morreram em Ilovaisk

Ucrânia homenageia soldados que morreram em Ilovaisk
Tamanho do texto Aa Aa

Os ucranianos homenagearam este sábado os soldados que morreram há um ano naquela que ficou conhecida como a tragédia de Ilovaisk. Na capital do país foi erguido um memorial com fotografias dos que morreram no ataque: no total 366, para além dos que cerca de 500 que ficaram feridos naquele que foi considerado um dos piores momentos do conflito no leste do país.

A mãe de um dos soldados que morreu veio receber uma medalha e, entrevistada pela euronews, lembra que “o filho foi ativista em Maidan, no início da revolução, juntou-se ao exército e acabou por morrer nesta batalha”.

Recorde-se que em agosto do ano passado, a cidade de Ilovaisk, na região de Donetsk esteve cercada pelos rebeldes pró-Rússia durante mais de 10 dias. Numa altura em que o exército ucraniano já se tinha rendido e tentava abandonar a zona por um corredor de segurança ocorreu um ataque inesperado e centenas de soldados acabaram por morrer.

De acordo com os últimos dados da ONU, cerca de 7 mil pessoas, entre combatentes e civis, morreram no leste da Ucrânia em 15 meses de conflito entre os rebeldes pró-Rússia e o exército ucraniano.