Última hora

Última hora

Destroços encontrados em julho pertencem ao avião da Malaysia Airlines

Os investigadores franceses confirmaram esta quinta-feira que os destroços encontrados, em julho, na ilha da Reunião, pertencem ao avião da Malaysia

Em leitura:

Destroços encontrados em julho pertencem ao avião da Malaysia Airlines

Tamanho do texto Aa Aa

Os investigadores franceses confirmaram esta quinta-feira que os destroços encontrados, em julho, na ilha da Reunião, pertencem ao avião da Malaysia Airlines, desaparecido no ano passado.

Segundo o procurador francês, as análises ao “flap” permitiram identificar o número de série da peça do avião, fabricada por um empresa na cidade espanhola de Sevilha.

Os técnicos utilizaram um endoscópio para explorar o interior da peça onde encontraram três números que, segundo o procurador, “permitem afirmar com certeza que corresponde à do voo MH370”.

A descoberta dos destroços, numa praia da ilha francesa da Reunião, a 29 de julho, tinha relançado a investigação, face à ausência de quaisquer outras informações.

O avião da Malaysia Airlines tinha desaparecido sobre o oceano Índico em março do ano passado com 239 passageiros a bordo, a maioria dos quais cidadãos chineses.