Última hora

Última hora

Uma aliança para a vida a três dimensões

Incentivar a inovação e a competitividade através de parcerias transeuropeias sem precedentes. Esta semana fomos até ao Instituto Francês da Moda, em

Em leitura:

Uma aliança para a vida a três dimensões

Tamanho do texto Aa Aa

Incentivar a inovação e a competitividade através de parcerias transeuropeias sem precedentes. Esta semana fomos até ao Instituto Francês da Moda, em Paris.

Danièle Clutier é coordenadora de uma iniciativa europeia para impulsionar a inovação, criando parcerias sem precedentes entre as PME e o mundo da moda, do design e da tecnologia. O projeto Worth: “É algo que cria benefícios incríveis, porque, normalmente, estas pessoas não estariam em contacto. Têm profissões diferentes, vêm de países diferentes e as áreas criativas são completamente diferentes. No programa temos um total de 82 empresas e designers, de 12 países europeus diferentes.”

Samuel Gassmann vende, em exclusivo, numa loja conceptual de prestígio. Uma das suas últimas criações é um anel de noivado. Um produto finalizado no espaço de um mês – um feito impressionante já que o design é muito complexo e remonta à época da Renascença.

Para conseguir um processo de produção viável, Samuel fez uma parceria com uma empresa italiana que utiliza impressoras 3D ultrassofisticadas. O que lhe permitiu criar um protótipo em ouro rosé: “Os italianos têm ferramentas de altíssima tecnologia. Enquanto pequeno artesão não tenho acesso a essas ferramentas. O projeto Worth abriu-me essa porta. O que representa uma abertura para novos objetos – uma nova forma de pensar e de criar”.

Samuel vai receber uma ajuda de 10 mil euros e uma formação completa: desde a estratégia de marketing, passando pela escolha da embalagem até à proteção da propriedade intelectual.

Prepara-se também para contratar um novo funcionário e, um dia, espera conseguir produzir a sua própria aliança, com uma impressora 3D: “Hoje, existe um objeto – que é uma aliança. No futuro terá um novo aspeto visual, vai transformar-se num anel… E, pouco a pouco já tenho quatro ideias novas… Modelos que saem no próximo mês de janeiro e três outras para o ano seguinte, assim como uma nova coleção”.

euronews: “Danièle. Que conselho daria a Samuel. para que continue na linha do desenvolvimento?

Danièle Clutier: “Dar prioridade ao tempo para inovar. Existem estudos que mostram que os empregadores que inovam passam 20% do seu tempo a pensar fora da caixa.”

Samuel está a viver uma experiência única e segura. O projeto Worth é financiado pela União Europeia e foi liderado pela organização italiana das PME das indústrias criativas, pela London College of Fashion e pelo Instituto Francês da Moda.