Última hora

Última hora

Dinamarca "abre as portas" da Suécia a milhares de refugiados

A polícia dinamarquesa anunciou, esta manhã, que não vai continuar a bloquear as centenas de refugiados que tentam cruzar o território para alcançar

Em leitura:

Dinamarca "abre as portas" da Suécia a milhares de refugiados

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia dinamarquesa anunciou, esta manhã, que não vai continuar a bloquear as centenas de refugiados que tentam cruzar o território para alcançar a Suécia.

O tráfego ferroviário, por terra, entre a Alemanha e a Dinamarca foi parcialmente retomado, quando um novo comboio de refugiados partiu esta quinta-feira da cidade alemã de Flensburg.

A ligação por ferry à península de Jutland continua ainda bloqueada, depois das autoridades dinamarquesas terem bloqueado ontem dois comboios com 300 refugiados na localidade portuária de Rodby.

O chefe da polícia dinamarquesa afirmou que a decisão de deixar passar todos os refugiados não é o resultado de um acordo com a Suécia.

O primeiro-ministro sueco tinha ontem recordado que cabe à Dinamarca registar todos os migrantes que cruzam o país, cerca de três mil pessoas desde o início da semana.

As autoestradas dinamarquesas foram entretanto reabertas à circulação depois de centenas de refugiados terem ocupado as vias com uma marcha em direção à fronteira sueca.