Última hora

Em leitura:

Esqui Alpino: Benjamin Raich passa à reforma aos 37 anos


Desporto

Esqui Alpino: Benjamin Raich passa à reforma aos 37 anos

Aos 37 anos, Benjamin Raich decidiu pendurar os esquis. A lenda austríaca das disciplinas técnicas justificou a passagem à reforma com o facto de já não sentir adrenalina nem ambição suficientes para continuar a competir.

“Gentel Ben”, assim apelidado pela simpatia que sempre demonstrou, segue agora os passos da companheira que se tornou sua mulher, Marlies Schield, que se reformou no ano passado e vai ser mãe no outono.

Adversários, como o norueguês Aksel Lund Svindal, referem nas redes sociais o “desportivismo” que caracteriza Raich:

Para a história ficam as medalhas de ouro no slalom e no slalom gigante dos Jogos Olímpicos de Turim, em 2006, ano em que Raich também conquistou o grande globo de cristal da Taça do Mundo de Esqui Alpino.

Ironia do destino, a última das 36 vitórias na Taça do Mundo foi alcançada em Crans Montana, no ano de 2012, no Super-G, uma das disciplinas de velocidade, especialidade em que Raich nunca conseguiu estar ao nível dos peritos, a começar pelo compatriota Hermann Maier.

O site Ski Racing publicou um perfil das quase duas décadas que Benni Raich passou em competição:

Aqui fica a entrevista, em alemão, na qual Raich anuncia a reforma para se dedicar à paternidade:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

Desporto

"Nine Knights": Bicicletas de montanha tomam conta de Livigno