Última hora

Última hora

Obama quer recber 10.000 refugiados sírios

O departamento de Estado apontava para um número entre 5000 e 8000, no próximo ano, mas Obama quer mais

Em leitura:

Obama quer recber 10.000 refugiados sírios

Tamanho do texto Aa Aa

Os refugiados sírios têm agora mais um país que lhes abre as portas: os Estados Unidos.

Point of view

"Obama tem consciência da dimensão do problema e dos milhões de pessoas que abandonaram as suas casas por causa da violência - porta-voz da Casa Branca"

Face às críticas sobre a sua falta de reatividade na crise migratória desencadeada pelo conflito na Síria, Barack Obama quer agora dar asilo a alguns milhares de migrantes sírios.

O departamento de Estado apontava para um número entre 5000 e 8000, no próximo ano, mas Obama quer mais.

“O presidente informou a sua equipa governativa de que gostaria que aceitassem, ou que se preparassem para aceitar pelo menos 10.000 refugiados sírios no próximo ano fiscal, [ou seja, a partir de outubro]. Ele tem consciência da dimensão do problema e dos milhões de pessoas que abandonaram as suas casas por causa da violência”, explicou Josh Earnest, porta-voz da Casa Branca.

Uma violência que continua, no terreno. Ainda esta quarta-feira, a coligação liderada pelos Estados Unidos bombardeou várias posições do autoproclamado Estado islâmico no Iraque mas também na Síria.

Desde o início do conflito, em março de 2011, mais de quatro milhões de sírios fugiram do país. Este ano, os Estados Unidos tinham acolhido 1500.