Última hora

Última hora

Poroshenko: Acordo de Minsk pode ser implementado até ao final do ano

Presidente ucraniano expressou otimismo quanto à implementação do Acordo de Minsk até ao final de 2015

Em leitura:

Poroshenko: Acordo de Minsk pode ser implementado até ao final do ano

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente ucraniano expressou otimismo quanto à implementação do Acordo de Minsk até ao final do ano.

Point of view

"Os representantes da OSCE não conseguem visitar as áreas onde os combatentes deviam ter armazenado o armamento pesado" - Petro Poroshenko, presidente da Ucrânia

Falando esta sexta-feira no âmbito do 12º Encontro Anual de Estratégia Europeia em Kiev (Forum Yes), Poroshenko adiantou que o cessar-fogo no leste do país é uma realidade há quase duas semanas.

Apesar do otimismo, o presidente ucraniano expressou preocupação com a retirada das forças e armamento pesado russos.

“Estamos muito preocupados relativamente à situação da Missão Especial de Acompanhamento da OSCE que não consegue ter acesso à zona da fronteira. Os representantes da OSCE não conseguem visitar as áreas onde os combatentes deviam ter armazenado o armamento pesado. E sabemos que essas armas não estão lá”, disse Petro Poroshenko.

Para outubro está previsto um encontro entre os líderes ucraniano, russo, alemão e francês. Poroshenko já assinalou que vai pressionar no sentido de obter a retirada total das forças russas assim como o restabelecimento do controlo sobre a fronteira.

A correspondente da euronews Maria Korenyuk presente no encontro afirma que o presidente Poroshenko e o presidente russo Vladimir Putin irão discutir a implementação do acordo de Minsk no dia 2 de outubro e a possibilidade de se obter uma paz duradoura no leste do país.