Última hora

Última hora

Rússia: Banco Central mantém taxa básica de juros em 11%

O Banco Central da Rússia decidiu esta sexta-feira não alterar a taxa básica de juros. Após ter cortado por cinco vezes este ano a taxa de juros, a

Em leitura:

Rússia: Banco Central mantém taxa básica de juros em 11%

Tamanho do texto Aa Aa

O Banco Central da Rússia decidiu esta sexta-feira não alterar a taxa básica de juros.

Após ter cortado por cinco vezes este ano a taxa de juros, a instituição decidiu mantê-la nos 11%.

A decisão reflete a subida da inflação anual do país, que passou de 15,6% em julho, para 15,8% em agosto, provocada pela queda do rublo e dos preços do petróleo.

“Tendo em conta as condições macroeconómicas e as últimas estatísticas, fomos obrigados a rever a nossa previsão para este ano”, disse a presidente do Banco da Rússia, Elvira Nabiullina, após a reunião de política monetária, acrescentando que a entidade gestora da política monetária russa prevê “uma mudança para uma tendência ascendente do crescimento económico, na segunda metade de 2016”.

A taxa básica de juros estava no início de dezembro nos 10,5%, antes da alta emergencial para 17%, que pretendeu acudir à forte desvalorização do rublo, numa tentativa de estabilizar a moeda.

O Banco Central da Rússia prevê uma queda significativa do Produto Interno Bruto (PIB) russo em 2015, entre 3,9% e 4,4%, mas conta com uma desaceleração acentuada da inflação no início de 2016, o que a aproximaria dos 7% até setembro do próximo ano.

A instituição informou que as próximas decisões sobre os juros vão depender dos riscos inflacionários e de desaceleração na economia.

A próxima reunião de política monetária do Banco Central russo está marcada para 30 de outubro.